Bispos franceses apoiam duas organizações de aborto na América Latina

 
 
 
 
  
 
A hierarquia católica francesa está apoiando pelo menos duas organizações de aborto na América Latina por meio de sua agência internacional de desenvolvimento, conforme LifeSiteNews ficou sabendo.
 

O Comitê Católico contra a Fome e para o Desenvolvimento (Comité Catholique contre la Faim et pour le Developpement ou CCFD), que é sustentado em parte por dinheiro coletado em paróquias francesas durante a quaresma, está apoiando a organização feminista pró-aborto INDESO Mujer na Argentina, e também a organização pró-aborto Centro de Estudos Sociais e Culturais Antonio de Montesinos, de acordo com o site do CCFD.

 
As duas organizações foram desmascaradas por Jean-Pierre Moreau, autor do livro “Terrorismo Pastoral”, que critica a influência da Teologia da Libertação na França. Em seu blog com o mesmo nome, Moreau comenta que seu livro anterior, “Igreja e Subversão”, revelou em primeira mão organizações pró-aborto financiadas pelo CCFD em 1985, e acusa a organização de continuar a política. As recentes revelações inéditas de Moreau foram republicadas na blogosfera francesa em meio a pedidos para que o CCFD seja boicotado.
 
A própria investigação de LifeSiteNews verificou que, de acordo com o próprio site do CCFD, as organizações estão entre suas beneficiadas, e que ambas estão fortemente envolvidas em ativismo pró-aborto.
 
Ativismo pró-aborto na Argentina
 
INDESO Mujer, que significa Instituto de Estudos Legais e Sociais sobre Mulheres, vem sendo financiado por pelo menos vinte anos pelo CCFD, e recebe dinheiro para o “desenvolvimento de relações entre homens e mulheres para mais igualdade” (veja a lista oficial dos beneficiados do CCFD na página 5). O CCFD não registra o tamanho da doação para essa organização.
 
A primeira página do site de INDESO Mujer contém uma seção sobre “Direitos Sexuais e Reprodutivos” que inclui “o direito ao aborto seguro e legal”.
 
Na mesma página a organização também faz a defesa de posturas que são contrárias a outros aspectos da moralidade sexual sustentados pela Igreja Católica, inclusive “acesso à contracepção segura e eficaz” e uma grande variedade de “direitos” que inclui “prazer sexual, que inclui masturbação” e o direito à “livre associação sexual” com outros.
 
A página faz anúncio da participação de INDESO Mujer na 28ª Campanha Anual pela Descriminalização do Aborto na América Latina e Caribe, e oferece um livro online sobre “direitos sexuais e reprodutivos” que faz a defesa dos lemas “educação sexual para decidir, anticoncepcionais para se evitar o aborto e aborto legal para se evitar a morte” e “aborto legal, seguro e livre”. (pág. 21, 19 de pdf).
O mesmo manual afirma que as pessoas têm um direito às “relações sexuais independente da idade, estado civil ou modelo familiar” e um direito a uma “sexualidade prazerosa e recreativa independente da reprodução”. (pág. 24, 22 de pdf)
 
Além disso, a organização dá o link para uma edição de sua revista “La Chancleta”, que é dedicada à defesa dos “direitos sexuais e reprodutivos”, inclusive o aborto.
 
Moreau discute o apoio do CCFD ao INDESO Mujer num vídeo postado em seu blog, que pode ser encontrado aqui.
 
Ativismo pró-aborto no México
 
O CCFD também apoia a organização pró-aborto Centro de Estudos Sociais e Culturais Antonio de Montesinos (Centro de Estudios Sociales y Culturales Antonio de Montesinos) de acordo com sua lista oficial de beneficiados, página 7. O propósito do financiamento é também alistado como a promoção da “igualdade” entre homens e mulheres.
 
O Centro Montesinos é membro do Observatório Eclesial, uma organização que se opõe ao ensino da Igreja Católica sobre a vida humana e a família. Entre os membros do Observatório Eclesial estão também quatro outros grupos, inclusive “Católicas pelo Direito de Decidir”, uma organização denunciada várias vezes por bispos católicos por apoiar a legalização do aborto e distorcer o ensino da Igreja sobre o assunto.
 
O Observatório Eclesial faz pressões políticas e legais para que o aborto seja legalizado no México, e lançou um panfleto apoiando a legislação de aborto legal da Cidade do México em 2008, intitulado “Aborto: aspectos sociais, éticos e religiosos”, que denunciou a Igreja Católica por sua oposição ao aborto.
 
Na página 3, o panfleto diz que embora o aborto não seja bom em si, “o prosseguimento de uma gravidez não planejada ou indesejada, que muito provavelmente representa uma ameaça à vida física e mental da mulher, do casal, da família e até da sociedade, não pode também ser considerado desejável”.
 
“A oposição da hierarquia católica e de algumas associações civis à interrupção legal da gravidez, sem levar em consideração as circunstâncias, constitui falta de compreensão e falta de conhecimento atualizado sobre o assunto, e também falta de caridade e misericórdia”, o panfleto declara na página 15.
 
O nome do Centro Montesinos, junto com Católicas pelo Direito de Decidir, aparece na página 2.
 
LifeSiteNews verificou que o Centro é também signatário de um relatório pró-aborto que foi também assinado por grupos apoiados pela Organização Católica de Desenvolvimento e Paz (D&P) do Canadá: O Relatório das Organizações da Sociedade Civil sobre a Situação dos Direitos Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais do México (1997-2006) (Informe de organizaciones de la sociedad civil sobre la situación de los derechos económicos, sociales, culturales y ambientales en Mexico).]
 
Conforme reportagens de LifeSiteNews do passado, o relatório declara que é “urgente e necessário que se façam avanços em todos os estados com o objetivo de ampliar a base dos abortos legais com o propósito de nivelá-los no pais inteiro” (página 189 do pdf, 188 do documento), e repete o mesmo sentimento na página 104 do documento. Na página 134 do documento há a defesa da realização de abortos em hospitais públicos. O Centro Antonio de Montesinos assinou o relatório como um “apresentador” em vez de meramente como um grupo que “apoia” o relatório.
 
 
Informações de contato:
CCFD-Terre Solidaire
4, rue Jean Lantier
75001 Paris
Tel : 01 44 82 80 00
Fax : 01 44 82 81 43
 
Monsenhor André Vingt-Trois, Arcebispo de Paris, Presidente da Conferência dos Bispos da França
communication@diocese-paris.net
 
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
 
 
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: