PT: Aborto, Mentiras e Verdade – Semana Nacional em Defesa da Vida !

Vejam este vídeo com bastante atenção, vai nos mostrar as ações e toda a história do PT  nestes últimos anos com relação às suas iniciativas para A LEGALIZAÇÃO DO ABORTO

É um vídeo muito bem feito, com informações bem precisas e esclarecedoras. Com estas informações só vão se enganar aquelas pessoas que de fato queiram, não será mais por falta do conhecimento dos fatos. 

VEJAM O VÍDEO :

 Agora, depois do vídeo acima,  façam uma comparação com esta notícia, que recebemos hoje:

  PT estuda tirar aborto de programa para estancar queda de Dilma entre religiosos  

http://www1.folha.uol.com.br/poder/809786-pt-estuda-tirar-aborto-de-programa-para-estancar-queda-de-dilma-entre-religiosos.shtml

DE BRASÍLIA  

Acuado pela perda de votos de evangélicos na reta final do primeiro turno, o PT ensaia deixar de lado a defesa programática da descriminalização do aborto e já planeja retirar a proposta do programa do partido, aprovado em congresso.

A medida deve ser discutida em reunião da Executiva do PT, como forma de responder aos rumores contra a candidata à Presidência, Dilma Rousseff, apontados como o principal motivo para o crescimento de Marina Silva (PV), contrária à legalização do aborto, e a consequente ida da disputa presidencial ao segundo turno.

O primeiro contra-ataque partiu do secretário de Comunicação do PT, André Vargas. “O Brasil verdadeiramente cristão não votará em quem introduziu a pílula do dia seguinte, que na prática estimula milhões de abortos: Serra”, disse em seu Twitter.

A pílula do dia seguinte é um dos métodos contraceptivos criticado pela Igreja Católica e distribuída pelo Ministério de Saúde. Diferentemente do que Vargas sugere, sua adoção foi decidida antes de o tucano José Serra, rival de Dilma no segundo turno, ser titular da pasta.

O secretário de Comunicação do PT defende ainda o isolamento da ala do partido pró-legalização. “Agora é hora de envolver mais dirigentes na campanha. Foi um erro ser pautado internamente por algumas feministas. Eu e outros fomos contra”.

Um dos coordenadores da campanha de Dilma, José Eduardo Cardozo, reconhece que a resolução do PT, pró-descriminalização do aborto, não é unânime no partido e não é a posição de Dilma.

Antes de ser candidata, Dilma defendia abertamente a descriminalização da prática _o fez, por exemplo, em sabatina na Folha em 2007 e em entrevista em 2009 à revista “Marie Claire”.
Depois, ao longo da campanha, disse que pessoalmente era contra a proposta. Hoje, diz que repassará a discussão ao Congresso.

O tema se tornou tão incômodo que ontem, ao “Jornal Nacional”, Dilma o citou mesmo sem ter sido questionada (ela teve um minuto e meio para “dar uma mensagem aos eleitores”).

“Eu tenho uma proposta de valores. Um princípio nosso de valorizar a vida em todas as suas dimensões”.

A senadora eleita Gleisi Hoffmann (PT-PR) afirmou que a defesa da descriminalização do aborto pode até ser defendida por algumas alas do partido, mas pode “custar a Presidência da República”.

Já o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), puxador de votos evangélicos, disse que chegou a perder votos porque defendia Dilma, que “erroneamente” era associada a afirmações anticristãs.

Além do PT, o PMDB também defende uma ação para combater a associação de Dilma ao tema aborto, que virou onda de e-mails e comentários em meios religiosos.

Os peemedebistas querem que a candidata divulgue, enfim, um programa de governo deixando claro ser contra a legalização.

Ontem, Dilma reconheceu que a campanha percebeu muito tarde a onda associando seu nome ao tema do aborto e a uma fala, que ela não disse, de que nem Jesus Cristo tiraria dela a vitória.

Sobre a presença do presidente Lula na campanha, Dilma não precisou seu papel. “O presidente Lula a gente não pode falar em dose, ele não é o remédio é solução”, disse.

ENTÃO, NÃO PODEMOS DEIXAR O POVO BRASILEIRO SER ENGANADO POR ESTA MANOBRA ELEITOREIRA !!!   

NOSSA PARTICIPAÇÃO É DECISIVA NESTE PROCESSO DO SEGUNDO TURNO. QUANDO FALAMOS NOSSA, ESTAMOS NOS REFERINDO A TODO O POVO CATÓLICO DO NOSSO PAÍS.  

E AI TEMOS DOIS PROBLEMAS SÉRIOS:   

1 – OS PADRES E OS BISPOS  QUE QUEREM  BOICOTAR OS DOCUMENTOS DA CNBB QUE ORIENTAM OS CATÓLICOS A  NÃO  VOTAREM EM CANDIDATO E PARTIDO ABORTISTA:    

A CNBB, COM A SUA PRESIDÊNCIA E REGIONAIS, EMITIRAM  DECLARAÇÕES EM VÁRIAS OCASIÕES, DE UMA FORMA BEM CLARA: PEDINDO PARA O POVO VOTAR EM DEFESA DA VIDA E A VOTAR PELA FAMÍLIA.  

EM ALGUMAS DESSAS DECLARAÇÕES FALOU-SE EM EVITAR CANDIDATOS E PARTIDOS QUE SÃO A FAVOR DO ABORTO, SEM, NO ENTANTO, DAR NOMES A ESTES PARTIDOS E CANDIDATOS.   

JÁ O DOCUMENTO DO REGIONAL SUL-1 DA CNBB, NA SUA DECLARAÇÃO, << DEU NOME AOS BOIS >> CITANDO O PT COMO UM PARTIDO ASSUMIDAMENTE  ABORTISTA COMO VIMOS NO VÍDEO ACIMA.    

EM TODAS AS DECLARAÇÕES DA CNBB – CITANDO OU NÃO O NOME DO PARTIDO – HÁ UMA DECLARAÇÃO BEM DIRIGIDA PARA NÃO SE VOTAR CONTRA A VIDA E CONTRA A FAMÍLIA.  

INFELIZMENTE, MUITOS PADRES E BISPOS IGNORARAM O APELO DA CNBB PELO VOTO EM FAVOR DA VIDA; PIOR AINDA, PUBLICAMENTE SE COLOCARAM EM DESOBEDIÊNCIA AOS PEDIDOS DA CNBB, POIS  VIERAM APOIAR O PT.  COLOCANDO ASSIM  O PT À FRENTE DO EVANGELHO DA VIDA.  INCLUSIVE EM ALGUNS CASOS,  ATÉ FALANDO QUE O DOCUMENTO DA CNBB DO REGIONAL SUL-1 ERA UM DOCUMENTO FALSO.   

IMAGINEM UMA COISAS DESSAS:  UM PADRE FALANDO DENTRO DE UMA IGREJA QUE ESTE DOCUMENTO DA CNBB DO REGIONAL SUL 1 É FALSO.  UM DOCUMENTO QUE FALA EM FAVOR DA VIDA, E TODOS OS FATOS DESCRITOS NELE SOBRE AS AÇÕES DO PT SÃO ABSOLUTAMENTE VERDADEIRAS. E MESMO ASSIM,  UM SACERDOTE DE CRISTO TEM A CORAGEM DE DIZER QUE É FALSO !!! E AINDA DIZ QUE FALA EM NOME DO SEU BISPO.    

HÁ AINDA OUTROS CASOS, EM  QUE BISPOS ESTÃO FALANDO  QUE  O DOCUMENTO NÃO REPRESENTA   A VERDADEIRA VONTADE DE TODOS OS BISPOS DO REGIONAL SUL-1, MESMO SENDO UM DOCUMENTO  ASSINADO PELO SEU BISPO PRESIDENTE DO REGIONAL. 

ONDE CHEGAMOS COM A NOSSA MÃE IGREJA –  ESTES BISPOS ESTÃO DIZENDO PUBLICAMENTE QUE O REGIONAL SUL 1 DA CNBB ESTA FACCIONADA  MESMO COM A ASSINATURA DE DOM NELSOM.          

MAS, POR FAVOR,  PEDIMOS QUE ESSES BISPOS E PADRES QUE ESTÃO CONTRA O DOCUMENTO DO REGIONAL SUL-1 E O BOICOTAM NAS SUAS IGREJAS E DIOCESES VENHAM NOS   FALAR O QUE ESTA  ESCRITO NESTE DOCUMENTO QUE É CONTRA O EVANGELHO DE JESUS ?!   

ELES ESTÃO ACHANDO RUIM PORQUE  O DOCUMENTO FALA CONTRA O PT ?!

NÃO!!! O DOCUMENTO NÃO FALA CONTRA O PT.  O DOCUMENTO FALA A FAVOR DA VIDA, É O PT QUE ESTA CONTRA A VIDA !!!   

ESTE DOCUMENTO  NÃO ESTA INDUZINDO O VOTO DE NINGUEM !!! ESTA ORIENTANDO O VOTO CRISTÃO, PARA QUE O POVO CATÓLICO NÃO VENHA A SER ENGANADO PELOS ABORTISTAS DE PLANTÃO.

NÃO É ESTE O DEVER DA IGREJA, DE PASTOREAR AS SUAS OVELHAS E AJUDÁ-LAS A VIVEREM A COERÊNCIA DO EVANGELHO ? E NA HORA DO VOTO NÃO DEVEMOS BUSCAR ESTA COERÊNCIA DO EVANGELHO ?  

É ESTARRECEDOR VERMOS BISPOS E PADRES FALAREM QUE ESTE DOCUMENTO É FALSO.

NÓS GOSTARÍAMOS MUITO DE  VER DOM ODILO SCHERER SE MANIFESTAR  PUBLICAMENTE  DESMENTINDO OS PADRES E OS BISPOS QUE  FALAM QUE  ESTE DOCUMENTO DO REGIONAL SUL-1  É FALSO. 

 2 –  O OUTRO PROBLEMA É A CANÇÃO NOVA,

QUE ILUDE O POVO CATÓLICO COMO QUE FEZ COM O SEU APOIO DADO À CANDIDATURA DO PROF. GABRIEL CHALITA COLIGADA À DILMA, MARTA E PT.   

NÃO BASTA MAIS PARA A CANÇÃO NOVA  DIZER QUE É CONTRA O ABORTO; OU LER O DOCUMENTO DA CNBB; E   TRABALHAR AO MESMO TEMPO PELO PT, COMO VIMOS FAZER JUNTAMENTE COM O CHALITA ATÉ AS ELEIÇÕES DE DOMINGO PASSADO. AQUI, MAIS UMA VEZ, O EVANGELHO FOI COLOCADO DE LADO, POR CONTA DE INTERESSES. MAIS UMA VEZ O POVO CATÓLICO  FOI E ESTA SENDO ENGANADO.

OU NÃO FOI, QUANDO VIMOS O PROF. CHALITA APOIAR  A DILMA EM REDE NACIONAL NA SEMANA PASSADA?

É CLARO QUE FOI E  ESTA SENDO ENGANADO.   E A PERGUNTA É ESSA: 

ATÉ QUANDO VAI CONTINUAR SENDO ENGANADO ASSIM ? OS ELEITORES CATÓLICOS  DO CHALITA VÃO VOTAR NA DILMA ?  OS CATÓLICOS TELEVISIVOS DA CN VÃO VOTAR NA DILMA?   

SE ISSO VIER ACONTECER NESTE SEGUNDO TURNO, A CANÇÃO NOVA  IRÁ SE TRANSFORMAR  NA CANÇÃO VELHA. FICARÁ  VELHA AO SE JUNTAR COM O PT O ÚNICO  PARTIDO ASSUMIDAMENTE ABORTISTA DO BRASIL. E PERDERÁ O SEU LINDO PATRIMÔNIO ESPIRITUAL CONSQUISTADO AO LONGO DESSES TANTOS ANOS. COMO JÁ COMEÇOU A PERDER !!!   

QUE LAMENTÁVEL !!!  FICAMOS IMENSAMENTE TRISTES POR ISSO !!! 

  

Saiu na Folha SP hoje cedo!

http://www1.folha.uol.com.br/poder/809871-chalita-ajudara-pt-a-avancar-entre-religiosos.shtml

Chalita ajudará PT a avançar entre religiosos

 DANIELA LIMA / DE SÃO PAULO

 Eleito deputado federal com a segunda maior votação do Estado, Gabriel Chalita (PSB), ex-secretário de Educação de Geraldo Alckmin (PSDB), tornou-se aliado de primeira hora da candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff. Ex-tucano, diz que não admira José Serra (PSDB).

Com 560 mil votos e forte ligação com a ala carismática da Igreja Católica, será uma das armas do PT para avançar entre os religiosos. “Vou me empenhar pessoalmente nisso”, afirmou em entrevista à Folha. Confira os principais trechos da conversa.

O sr. ganhou espaço na campanha de Dilma Rousseff. Como é a sua relação com ela?

Gabriel Chalita – Eu respeito muito a Dilma e outros nomes do PT. Dei a ela o que pude de sugestões, principalmente na área da educação. Por outro lado, tenho amizades no PSDB. Torci pela vitória do Antonio Anastasia, em Minas, e creio que o Geraldo Alckmin fará grande governo. Política é construir pontes, e eu fiz isso.

O sr. não falou de José Serra. Qual a sua opinião sobre ele?

O Serra tem qualidades. Mas, pessoalmente, não é um político que eu admire.

Como o sr. avalia a polêmica em torno da posição de Dilma Rousseff sobre o aborto?

A crítica é boa quando baseada em fatos. Mas essa tentativa de desconstruir pessoas com boatos é muito ruim. Dilma nunca disse ser a favor do aborto. Ela se posicionou, abordando o tema como uma questão de saúde pública. Eu particularmente sou contra. Mas a questão central nesse caso é a boataria. Isso aconteceu com o Lula, em 2002. Diziam que ele ia mudar as cores da bandeira e fechar igrejas.

O sr. tem uma relação muito forte com a ala carismática da Igreja Católica. Vai se empenhar para desmentir esses boatos entre os religiosos?

Me empenharei pessoalmente nisso. Não é só uma defesa da Dilma, mas da maturidade no debate político.

O sr. acha que a Igreja contribui para o debate político?

Contribui, mas quando não usa a instituição para influenciar o voto. É importante que a igreja promova o debate, para que os fiéis saibam como pensam os candidatos. Mas o Estado é laico e acho que ele tem que ser laico. Ninguém ouviu o cardeal de São Paulo [dom Odilo Scherer] ou o arcebispo do Rio de Janeiro [dom Orani João Tempesta], declarando votos. Eles foram prudentes.

O sr. é candidato a assumir o Ministério da Educação?

Sou candidato a fazer a lei de responsabilidade da educação, que é uma lei que estabelece sanções a quem não cumpre metas. O que falta no Brasil é continuidade. Temos bons projetos.

Mas o sr. sonha em assumir a pasta?

Não. Não penso nisso. E acho que nem ela [Dilma Rousseff] pensa nisso. Seria indelicado começar a pensar no governo sem estar eleita.

Para vocês  não se deixarem  enganar pelas palavras do Prof. Gabriel Chalita, vamos lembrá-los DA VERDADE com mais este vídeo:

  

Ernesto Peres de Mendonça   – Comunidade Família de Deus

<<<   ESTAMOS EM MISSÃO A  SERVIÇO DA VIDA   E DA VERDADE   >>>>

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: